Star Wars: O Despertar da Força

Por: Samuel Fernandes –

Olá junkies, após um longo e doloroso ano sabático, o seu Junkbox está de volta à ativa! E nada melhor do que voltar com o retorno de uma das séries de filmes mais importantes da história do cinema. Sim! Estamos de volta para falar sobre Star Wars: O Despertar da Força!

Star_Wars_The_Force_Awakens

Já se vão 10 anos que não visitamos aquela galáxia tão distante criada por George Lucas. E como a ultima trilogia lançada é repleta de críticas, ficamos curiosos para saber o que seria desta nova leva de filmes, agora produzidos por novas mentes criativas.

Em 2012 foi divulgada a compra da Lucasfilm pela Walt Disney Company, que de imediato anunciou o lançamento de novos filmes da franquia Star Wars, com o episódio 7 já para 2015. Como encarregado desta tarefa de ressuscitar a franquia estava J.J. Abrams. Diretor que havia acabado de reviver outra franquia espacial: Star Trek.

A escolha não poderia ser melhor. Abrams é discípulo de diretores como Steven Spielberg e o próprio George Lucas e mais do que isso, é um grande fã do universo de Star Wars. Sua incursão pela nave Enterprise gerou até um burburinho de que J.J. Abrams estaria transformando Star Trek em Star Wars.

De qualquer maneira, a escolha de Abrams para capitanear a nova trilogia foi unir a fome com a vontade de comer.

Pois eis que finalmente, no final de 2015 é lançado Star Wars: O Despertar da Força e nossa espera termina.

forceawakens4-xlarge

A Trama se passa trinta anos após o final de Star Wars: O Retorno de Jedi (1983). O que sobrou do Império Galáctico tenta se reerguer como A Primeira Ordem. A Aliança Rebelde que o derrotou, agora é conhecida como a Resistência, e se mantém firme na luta para proteger a República. Entretanto A Primeira Ordem conta com um novo guerreiro que sucumbiu para o lado sombrio da força em suas fileiras, alguém que pode desequilibrar a balança para o lado dos imperialistas.

Assim ambos os lados da batalha estão à procura do ultimo cavaleiro Jedi, Luke Skywalker, que pode se tornar a última esperança para a Resistência ou o ultimo obstáculo para A Primeira Ordem, a não ser que a Força desperte em alguém desconhecido e este se torne um trunfo muito importante nesta guerra.

2015-12-21-1450662393-4622950-11875118_1007880092596925_2204135516599208531_o

Muito bem produzido, Star Wars: O Despertar da Força revisita a criação de George Lucas com muito carinho e esmero. Todas as características da saga estão presentes e estruturalmente o novo filme possui elementos de todos os filmes anteriores. É fácil reconhecer a analogia às histórias de Anakin e Luke Skywalker no novo filme.

Abrams dirige o longa metragem com muito respeito às antigas trilogias e tenta o mínimo possível inventar esteticamente em sua direção, trazendo de volta o espírito aventuresco dos filmes da franquia. Com destaque principalmente na interação dos personagens antigos e os novos.

E aí está o grande trunfo deste novo episódio. Os personagens novos são o ponto alto deste novo filme.

Star-Wars-Episode-VII-The-Force-Awakens

Rey interpretada pela atriz Daisy Ridley é uma personagem feminina forte e carrega o filme nas costas, e assim com o ex-Stormtrooper Finn interpretado por John Boyega e o piloto Poe Dameron interpretado por Oscar Isaac, formam o elenco principal carregado de carisma e uma química impressionante. Além de ser muito bom ver o elenco principal de um filme de estúdio americano, um Blockbuster desta proporção formado por um negro, um latino e uma mulher. Uma ousadia que geralmente estúdios não arriscam em investimentos como este.

O trio principal, principalmente Rey e Finn enchem a tela a cada aparição, e os personagens clássicos como Han Solo interpretado pelo ator Harrison Ford e a General Leia interpretada por Carrie Fisher são coadjuvantes de luxo nesta nova história. E não podermos esquecer do novo dróide BB-8, tão carismático quanto os personagens que ele acompanha.

reyandfinn-xlarge

Star Wars: O Despertar da Força acerta no tom, na ação e principalmente em continuar a saga com respeito total pelos filmes anteriores e pelos fãs. Afinal são eles que mantiveram esta franquia viva por tantos anos.

Este novo episódio é um filme feito por fãs, para fãs, que com certeza agrada até quem nunca viu os seis filmes anteriores.

Aposto que se você nunca assistiu nenhum capítulo da saga de Star Wars, você vai sair do cinema doido para conhecer as histórias de Luke Skywalker e Darth Vader.

E se isso acontecer, Star Wars: O Despertar da Força atingiu seu objetivo.

 

Anúncios